Archive for novembro \30\UTC 2008|Monthly archive page

Gráficos para repensar o JOL

Os gráficos destacados por Carlos Scolari em seu Hipermediaciones – Elementos para uma teoría de la comunicación digital interactiva são um bom ponto de partida para repensar o estudo do jornalismo praticado no ciberespaço a partir do prisma evolutivo.

By Carlos Scolary

Para pensar,

LM

One story. Four different media

Por Roger Black:

Here’s the lede: The Internet, including user-generated content, is beating the traditional news media at its own game, according to the Society for News Design. Well, that may be overstating it, but I got your attention. Truth is, taking a wide-angled view of the media today, it’s not too much of a stretch. What this issue of Design Journal set out to do is take one big story and look at it through the lens of different news media. The story we chose is gay marriage in California.

LM

Design is an investment

Think about:

“Design is not a spend item but an investment. A newspaper that looks good is going to be more successful that one that is difficult to read because of its messy appearance,” says Douglas Okasaki, who has worked for the Brazilian newspaper Folha de Sao Paulo. Graphics, nice fonts, white spaces — these are important elements for newspapers. “It is important to give ‘design surprises’ in some of your pages. Readers appreciate these special pages,” he adds.

Another important point, according to Okasaki, is giving the website the value it has as a “business card” for the newspaper. “If I do not know your paper, the first thing I will do is go to the Internet and look at it. This is why newspaper sites need to be appealing and interesting,” he says.

By IFRA

Em tempo: Douglas Okasaki é um dos melhores designers brasileiros da atualidade. Comanda a regional da SND Oriente Médio e África e é diretor de arte do Gulfl News, de Dubai (Emirados Árabes). Proferiu palestra no final de novembro na IFRA Middle East Conference 2008, realizada no Cairo (Egito). E ainda lhe sobra tempo para blogar. Tudo o que há de novo no design de papel está destacado nas páginas do blog de Okasaki. Vale a pena experimentar.

LM

Ops…

O editor da home do Estadão esqueceu de escrever o chapéu na chamada do helicóptero que resgatou as vítimas do acidente em Minas Gerais entre um caminhão e um carro de passeio.

LM

Para experimentar

Ainda que a web seja pautada pela simulação do papel, não se pode negar que abriu muitas possibilidades de produção. Uma delas é criar, arquivar e circular portfólios. A Smashing Magazine selecionou o hype deles. A lista é grande, mas vale a pena experimentar. Um por um.

Enjoy it,

LM

Jesse Willmon’s fall 2008 DESIGN-TACULAR

Aline Caron Portfolio
Dave Werner’s Portfolio

Não dá pra não ir


O Nokia Trends acontece dia 29, às 21h, no Cine Marrocos, com curadoria de Giselle Beiguelman. Uma das obras expostas é O ritmo da forma, de Vera Biguetti:

“O público manipula animações em Flash feitas pela artista por meio do sistema touch screen usando os aparelhos Nokia 5800 XpressMusic. As animações geram imagens coloridas, distorcidas, psicodélicas e geométricas do vídeo captado em tempo real, no evento, com músicas personalizadas. Um conjunto de PCs com projetores oferece a experiência em grande escala. “
by Nokia Trends.

LM

Pela informação visual

O co-editor Nicolas Bourquin, autor do recém-lançado Data Flow: Visualising Information in Graphic Design, e o designer de livros Thibaud Tissot explicam porque a informação visual não pode mais se limitar à construção de manchetes como acontece hoje em dia. “Cada vez mais, a informação será visual”, afirmam Bourquin e Tissot. Diagramas, base de dados, infográficos (sobretudo em 3D) serão amplamente utilizados para além de seus propósitos clássicos. Vale a pena assistir.
LM

multi-touch interface + open source = audio

Roots Multi Touch Tangible Installation Teaser from BricK Table on Vimeo.

Instalação visual-musical interativa com interface multitoque, que permite a várias pessoas fazer música em um ambiente dinâmico e visualmente receptivo. Trata-se de um esforço colaborativo do músico Memo (Mehmet) Akten e dos criadores da interface Brick Table. A exibição aconteceu no Minitek Music + Innovation Festival, em setembro, em NY (EUA).

LM

Click here to watch

Muito interessante a ilustração-animada-que-virou-curta do designer Patrick Moberg sobre como governar pessoas. Pena a abertura ser um convite ao “clique aqui para assistir”. Moberg deveria fazer algo para levar o usuário a clicar e não pôr um dedo indicador na tela.

A pensar,

LM

Base de dados, o commodity da vez

A visualização de dados é o commodity da web, agora. Se antes, a ordem do dia era notícia hipertextualizada, agora é notícia com base de dados. Dá para transformar em dados visuais mapas de viagem, mapas interativos de crimes e exposições em museus, etc.

A pensar,

LM