Convergência virou démodé?

Em seu blog, Mario García conta sua experiência em Dubai, no jornal Gulf News, sobre convergência. Apesar de a redação do jornal ser estruturada de modo que os editores discutam por quais plataformas a notícia será contada, ainda é difícil emplacar a idéia de convergência/integração de mídia na redação. 


Um dos papas do design de jornal no mundo, Mario García sugere: “please discuss the story as such, let it fly over the hub table for a while, then ask the question: which is the best platform to tell the story.  If more than one platform make sense, then discuss how the story will be presented”.


Entretanto, vale a pena ponderar as questões de convergência em vigor: na realidade, não vão além de power point com mídias distribuídas. O que leva à seguinte (contra) pergunta: em tempos de redes sociais, de fazer rede, de informação circular, de plataformas transmídia, é legítimo ainda discutir convergência nas redações mundo afora?


Porque a web tem uma dinâmica própria e certamente não é pautada pela remediação (BOLTER; GRUSIN:2000), mas por uma nova linguagem visual híbrida (MANOVICH: 2008) graças, sobretudo, à migração da cultura de página para a cultura de dados (BERNERS LEE: 2009). 


E você? Ainda aposta em convergência de midias?

Anúncios

1 comment so far

  1. Fabio Pensando .... on

    A convergência de mídias é tão nova quanto o computador. Enfrentamos um problema de adaptação acredito, as pessoas ainda não sabem usar a internet,celulares e o papel é mais seguro, a tv é mais flexível com as informações considerando tais plataformas.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: